A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Ser mulher.

Que condição é esta tão naturalmente interessante, admirável?

Só pelo fato de ser mulher…não tem preço, por um lado; mas, um preço alto por outro. Porém, ainda sim, vale a pena pagar o preço.

Complicadas, perfeitinhas…essenciais.

Uma mulher pode tudo, consegue tudo, pode ser tudo!

Consegue ver além, mas primeiro, precisa ver dentro de si. Conhecer e reconhecer seus limites para que não perca tempo com que não presta, para saber o que quer, para onde ir.

Em todas as minhas encarnações viria quantas vezes fossem necessárias…MULHER!

E pra embalar este momento…uma música antiga de Erasmo Carlos (inspirado na sua então esposa Narinha), traduz com ternura e beleza o significado da mulher.


Dizem que a mulher é o sexo frágil

Mas que mentira absurda

Eu que faço parte da rotina de uma delas

Sei que a força está com elas

Vejam como é forte a que eu conheço

Sua sapiência não tem preço

Satisfaz meu ego se fingindo submissa

Mas no fundo me enfeitiça

Quando eu chego em casa à noitinha

Quero uma mulher minha

Mas pra quem deu luz não tem mais jeito

Porque um filho quer seu peito

O outro reclama a sua mão

E o outro quer o amor que ela tiver

Quatro homens dependentes e carentes

Da força da mulher

Mulher, mulher

Do barro de que você foi gerada

Me veio inspiração

Pra decantar você nessa canção

Mulher, mulher

Na escola em que você foi ensinada

Jamais tirei um dez

Sou forte mas não chego aos seus pés

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: