A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Temos visto uma grande fiscalização nas instituições de 3º grau. Claro que a fiscalização é necessária, mas estão ocorrendo situações que podem expor as instituições. Vemos que sempre é lançada uma lista das instituições que não obtiveram nota satisfatória no ENADE. Mas, será que a fiscalização vem ocorrendo de maneira adequada?

Não vou adentrar muito profundamente a fiscalização ou seus métodos. Pois, minha real preocupação é:  por que não há fiscalização na educação de base? ensinos médio e fundamental? É lá que tudo acontece. É lá que passamos a maior parte de nossas vidas, absorvendo conhecimento básicos, lições de vida pra desenvolvermos, futuramente, nossa vida profissional.

O próprio governo aceita erros grosseiros de língua portuguesa, nosso idioma pátrio, liberando a utilização de cartilhas nas escolas. Justificando que se puder entender o que está dizendo, perdoam-se os erros. Absurdo! Um erro não justifica o outro. É irresponsabilidade. É expor a nação ao ridículo. Uma nação que não sabe escrever e entender a própria língua! Onde vamos parar?!

O que começa errado, termina errado! Como podemos pedir para que alunos das faculdades tirem uma nota satisfatória no ENADE, se não tiveram uma educação básica de qualidade. Os erros de ortografia, concordância etc são assustadores.

O que adianta vc apertar na fiscalização nas faculdades, se o ensino básico está solto, carente de atenção, como se não existisse? Quando o começo é calcado em bases concretas, verdadeiras, o sucesso futuro é natural.

Isto tem que se revisto, sob pena dos prejuízos serem cada vez maiores. Não gosto de ser pessimista, mas a situação é de urgência. Atitudes emergencias devem ser tomadas.

Estas cartilhas deveriam ser queimadas. Imagina os professores de português, literatura o que sentem?

A educação em nosso Brasil está doente. Precisa de tratamento intensivo.

Anúncios

Comentários em: "O “pobrema” na educação" (2)

  1. […] O “pobrema” da educação […]

  2. Muito bom o texto! E mais do que pertinentes as considerações.
    Estava sentindo falta de blogueiros falando sobre educação, blogueira e professora então nem se fala!
    Beijão
    =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: