A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Arquivo para agosto, 2011

O que Palmeira dos Índios tem?

Neste último sábado, 27/08/2011, tive a oportunidade de ir a Palmeira dos Índios com meu querido namorado @Marques_jm e meus caríssimos amigos @CanAlmeida e @lulavilar.

Passamos um dia agradabílissimo e com a recepção amiga e dedicada de meu nobre colega e professor França Junior.

A visita começou com visita a Distribuidora Cunha, que além de seus serviços quanto à distribuição de bebidas, ainda presta um ótimo trabalho referente à reciclagem. A reciclagem é uma alternativa inteligente, útil, coerente com a real situação do meio ambiente. A reciclagem só agrega e colabora para a recuperação e ampliação do bem estar referente ao meio ambiente.

Após sairmos da Distribuidora Cunha, fomos a Casa Museu Graciliano Ramos. Esta visita foi encantadora! O museu contando a história desta alagoano tão influente na literatura do Brasil. Graciliano nasceu em Quebrangulo, mas anos mais tarde viveu e construiu sua família em Palmeira.  Chegou a ser prefeito de Palmeira dos Índios. No museu podemos encontrar objetos pessoais, como cigarrilhas, roupas, cartas, fotos de família, comendas etc. As cartas eram originais com a escrita fiel de Graciliano. A emoção flui naturalmente.

No seguinte momento, tivemos a oportunidade de participarmos de uma conversa descontraída nas Rádios Vitório e Farol.  Fomos super bem atendidos e a experiência de participarmos de um programa de rádio é sensacional! Parabéns a ambas as rádios e obrigada pela recepção.

Acabadas nossas visitas nas rádios, nosso caríssimo França Junior ofereceu-nos um belíssimo almoço, num ambiente pra lá de agradável. Boas conversas, risadas garantidas, companhias ótimas, como (também) @bergmorais e @Alex_Paranhos. Tenho que constatar que pra finalizar foi oferecido um cafezinho, pelo qual, mais especificamente minha pessoa e de @lulavilar agradecemos!rs

Em seguinte, fomos conhecer o IFAL de Palmeira, que estava em greve. Mas, mesmo assim, foi possível visitarmos as instalações…quer dizer, ótimas instalações. Quem nos recebeu muito bem foi o Prof. Carlos Guedes. O local é limpo, com bancos, jardins por toda extensão do local. Novas construções estão sendo feitas. Um confortável e bom auditório com uma estrutura ótima!

Seguimos nossa visita e fomos parar no CSE, onde pudemos conversar e verificar o time feminino da futebol. Conversamos, tiramos fotos, trocamos e-mails, twitters etc. Nossa querida @CanAlmeida fez entrevista com uma delas, Myria, que deu seu belo relato, descrevendo com paixão e realidade a situação do futebol feminino. Foi emocionante ver o brilho nos olhos da meninas ao verem que nos interessamos pela sua história frente ao time. O treinador é bem consciente, reconhece e respeita o trabalho das meninas e as considera como profissionais.

Mas não há muitos incentivos. E, Myria, alega que ainda há muito preconceito quanto a presença de mulher no futebol. Para muito, um grande absurdo, mas com o passar do tempo, creio que estes preconceitos se tornarão cada vez mais irrelevantes.

Fomos apresentados à biblioteca, localizada, estrategicamente num imóvel cedido pela empresa ferroviária. De acesso fácil! Uma idéia luminosa.

Depois, partimos para o Cristo de Goiti. Que vista linda! Que local mágico! Tiramos fotos e curtimos um pouco desta paisagem tão grandiosa.

Pra finalizar com chave de ouro, fomos ao Açude Goiti que possui um pier que dá pra ver lá de cima do Cristo. Um lugar bucólico, relaxante, bonito. Batemos um papo, apreciamos a paisagem.

Concluindo, esta é uma singela homenagem a esta cidade tão receptiva e particular por suas belezas, por ter sido tão bem recebida e apresentada a locais agradáveis, bucólicos…que só trazem boas sensações. Parabéns e sucesso a Palmeira dos Índios!

Li e achei o hino de Palmeira marcante, que deixa claro a paixão pela cidade e sua história!

Hino do Município de Palmeira dos Índios
Letra por Luiz B. Torres e José R. Torres
Melodia por Luiz B. Torres e José R Gonçalves

Teu passado glorioso tem origem secular
Nos heróicos xucurus de bravura fé sem par
Cujos feitos nós seguimos como luz a nos guiar.
Tuas terras verdejantes e teu povo varonil
Se irmanaram no trabalho Para a glória do Brasil
Sob o manto protetor do teu céu de puro anil

Sejas sempre idolatrada dentro em nossos corações,
Tu, Palmeira abençoada, a Princesa do Sertão

Oh, Palmeira, nós queremos exaltar o teu perfil
Decantar sua beleza que possui encantos mil.
De cidade da esperança incrustada no Brasil
Se nascestes de uma cruz, tu só tens amor a dar,
Assim sendo, este teu solo sempre vive a se ofertar
Para quantos o desejem transformá-lo no seu lar.

Mesmo ausente do teu seio ninguém pode te olvidar
Permaneces na lembrança como um bem a maltratar
Inundando a saudade e o desejo de voltar.
Imigrantes e teus filhos neste canto em teu louvor
Nos unimos em um só corpo e na voz o mesmo ardor
Para dar-te sem reservas Nossa vida e nosso amor

Anúncios

A nossa faceta Super-Herói

Quem é o super-herói?

Ontem, fui ao cinema e assisti o filme do Lanterna Verde. Fui, pois adoro estórias de super-heróis. Na minha infância e adolescência cheguei até a ler os quadrinhos.

Mas, em especial, neste filme, uma coisa me chamou mais atenção: os Lanternas Verdes eram uma legião de protetores intergaláticos da paz universal e sua força estava centrada na vontade. A partir do momento que você tivesse vontade, esta poderia se concretizar através de seu firme e benéfico pensamento.

Através do pensamento e dá vontade firmados na bondade, no bem querer, na solidariedade, tudo é possível! Mesmo que o objetivo a alcançar estivesse muito distante ou cheio de obstáculos, ainda sim você pode chegar lá. É só uma questão de tempo! A luz verde que alimenta a Legião equivale a esperança, a verdadeira vontade, a coragem, a vontade de ultrapassar e superar obstáculos. E em contrapartida, havia a famigerada luz amarela, que era a força do medo que nos contamina quando temos que tomar grandes decisões, nossas ações e pensamentos.

Mesmo existindo a luz amarela, ela ainda é necessária e não podemos ter receio de assumi-la, pois através da existência do medo é que podemos amadurecer, pois ao nos depararmos com os desafios e vencermos ou superarmos o medo, independente do resultado, sentimo-nos vivos, corajosos, verdadeiros super-heróis.

Pode parecer piegas, mas quem não assiste um filme destes e não imagina sair por aí como um grande protetor do bem, das boas intenções, da paz?

Se analisarmos temos um super-herói dentro de cada um de nós. E que a vontade, o livre arbítrio são as armas da coragem quando bem focalizados, quando bem direcionados. Mas também, podemos usar para atitudes não tão ortodoxas, mas ainda assim, depende de nós.

Podemos pensar que ser super-herói é uma personagem, é um ser a parte de nós, mas não! Ser super-herói é uma de nossas facetas, é um de nossos poderes…faz parte de quem você é!

Sempre precisamos de heróis, de pessoas que tenham comportamentos e atitudes dignas, que façam com que sintamos orgulho de sermos humanos.

Mas, o fato de sermos ou termos esta faceta dentro de nós, não quer dizer que não sintamos medo, receio. Faz parte do ser humano. Até o medo tem sua função, sua finalidade. O medo não deve ser evitado, escondido, mas deve ser vivido, admitido, superado.

A sensação de heroísmo pode acontecer de várias maneiras, depende de cada um…eu consigo senti-la quando após um período de conflitos, dúvidas…e que passou…sinto aquele alívio de missão cumprida, de lição bem aprendida, de ter tomado a melhor atitude, de ter registrado a melhor palavra ou melhor gesto em direção a alguém. E que apesar de sentir medo, consegui superar.

“Coragem é resistência ao medo, domínio do medo, e não ausência do medo” – Mark Twain

“Todos os homens têm medo. Quem não tem medo não é normal; isso nada tem a ver com coragem” – Sartre

“O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não” – Gandhi

“Devemos construir diques de coragem para conter a correnteza do medo” – Martin Luther King

 

Este video de Mariah Carey cabe perfeitamente em minhas humildes e honestas linhas:

 

E você…qual super-herói você é?!

2º Prêmio Alagoano de Blogs: inscreva-se e participe!

Ainda estão abertas as inscrições para o 2º Prêmio Alagoano de Blogs, sendo prorrogadas até 30/08.

Participe! Ainda dá tempo de se inscrever e fazer parte deste evento tão importante e que eleva Alagoas a um patamar cada vez mais relevante no cenário nacional através das redes sociais.

A participação inclui vários grupos de pessoas, das mais diversas opiniões, tendências, idades, profissões…é um evento que só agrega os membros da sociedade, só traz benefícios não só individuais, uma vez que seu blog passa a ser mais acessado, sua opinião ganha outra dimensão, pois passa a influenciar cada vez mais um número maior de pessoas, mas também, seu blog ganha uma faceta social importante, porém devemos agir com precaução, responsabilidade quanto às informações e idéias, para que não ocorra a ofensa a valores pessoais ou sociais.

Nós @gimigliati @Marques_jm @ronaldfar @eekdcat @paulamontnegro, que fazemos parte da Comissão Organizadora, com muita honra e responsabilidade, estamos ansiosos em receber sua inscrição…o evento será sensacional!

Lembrem-se…claro que conta a participação individual e é bom demais ganhar em uma das mais diversas categorias oferecidas pelo prêmio, contudo, sua participação é mais do que isso, é sua chance de contribuir imensamente para que o Estado de Alagoas seja cada vez mais considerado (pois, já o é!), e respeitado na esfera das mídias e inclusão digitais.

E então, tá esperando o que??!! Inscreva-se! http://www.premioalagoanodeblogs.com.br/inscreva-se/  ou http://www.premioalagoanodeblogs.com.br/regulamento/ ou

Dia dos Pais

O primeiro dia dos pais data de 19 de junho de 1910, onde uma norte-americana desejou homenagear seu pai que tinha participado de guerra civil e havia criado seus 6 filhos sozinho, em razão da morte da esposa no último parto. em 1972, foi proclamado o terceiro domingo de junho como dia dos pais, por Richard Nixon.

Porém, no Brasil tal data só ganhou relevância em 1953 quando o Jornal O Globo resolveu incitar homenagens à família e escolheram  domingo como melhor dia, mais especificamente o segundo domingo de agosto.

O Dia dos Pais é homenageado mundialmente, porém, em datas diferentes. Muitos países comemoram no terceiro domingo de junho. O Brasil comemora no segundo domingo de agosto.

Independentemente de datas, o pai é uma pessoa, uma figura muito importante em nossas vidas. E mesmo que vc não tenha seu pai biológico presente, refiro-me aquele homem que é referência pra vc em algum sentido.

Não basta ser pai, tem que participar: dando aquela palavra amiga, incentivadora, saber dizer não na hora certa, se interessar pela vida dos filhos e da família, ser exemplo de bondade, de honestidade, de pedir desculpas quando precisar, compartilhar suas idéias e experiências, pois sem sombra de dúvida que a personalidade do pai influenciará na vida dos filhos.

Eu, particularmente, sou muito, muito feliz por Deus ter me dado um pai tão exemplar, tão decente, tão meu amigo, tão protetor…eu que ganho o presente por ser filha dele. Meu pai faz parte da minha alma, de meu coração, de meus melhores pensamentos.

Mas, ao mesmo tempo que o pai deve ser aquele exemplo positivo, existem filhos que não valorizam os pais que têm. Esquecem por vezes que aquele ser torce tanto para que seu filho progrida e que sempre estará presente mesmo nas maiores dificuldades. Da mesma maneira que existem pais que consideram seus filhos verdadeiro castigos trazidos. Tantas incoerências numa relação que deveria ser valorizada e querida por ambas as partes por mais diferenças que possam existir entre eles.

Além das vezes que razão da separação dos pais, onde algumas mães colocam obstáculos na relação entre seu filho e o pai. Atitude covarde e desprezível. Relação marido e mulher é uma coisa. Pai e filho é outra completamente diferente  e que não pode ser objeto de troca.

Aproveito o ensejo e menciono uma bela música de nosso querido Roberto Carlos que traduz de maneira fiel, delicada e tocante uma linda homenagem aos pais….e para meu querido e amado Pai em especial:

Meu Querido Meu Velho Meu Amigo
Esses seus cabelos brancosbonitosesse olhar cansadoprofundo
Me dizendo coisasum gritome ensinando tantodo mundo
E esses passos lentosde agoracaminhando sempre comigo,
 correram tantona vida,
Meu queridomeu velhomeu amigo
Sua vida cheia de históriase essas rugas marcadas pelo tempo,
Lembranças de antigas vitórias ou lágrimas choradas ao vento
Sua voz macia me acalma e me diz muito mais do que eu digo
Me calando fundo na alma
Meu queridomeu velhomeu amigo
Seu passado vive presentenas experiências contidas,
Nesse coração conscienteda beleza das coisas da vida.
Seu sorriso franco me anima seu conselho certo me ensina,
Beijo suas mãos e lhe digo
Meu queridomeu velhomeu amigo
Eu  lhe falei de tudo,
Mas tudo isso é pouco
Diante do que sinto
Olhando seus cabelos tão bonitos,
Beijo suas mãos e digo

http://www.vagalume.com.br/games/complete/print.php?pointerID=3ade68b6ga6a2fda3&print=print#ixzz1V2WhwqRW

Se estiver perto de seu pai, dê aquele abraço, dê aquele beijo, ofereça aquele afago, olhe nos olhos dele e diga o quanto o ama, o que ele significa pra você. Se eles estiver longe, ligue e diga com sorriso nas palavras o quanto ele é importante. Faça ele sentir o quanto suas palavras estão carregadas de emoção e verdade. Não deixa esta oportunidade escapar. Nunca sabemos o dia de amanhã. Por mais que saibamos que somos amados, tem vezes que ouvir é bom demais. Não adie! Se seu pai já partiu para um plano superior, agradeça de um dia ter a chance de ter um ser tão incrível a seu lado. Se você não teve a oportunidade de conhecer seu pai, imagino o quanto é difícil, mas não viva se  lamentando, pois tudo tem uma explicação na vida. E com certeza deve haver outras pessoas tão especiais quanto seu pai seria.

Finalizando, a data é especial sim. Mas, não se restrinja as datas para deixar registrado seu apreço, seu amor…diga “eu te amo”, “eu te quero bem” sempre que sentir vontade! Um feliz dia dos pais a todos!

TwittAO – União dos Palmares

Em 06/08/2011, um sábado (até então comum a todos!), ocorreu um evento que com certeza, influiu veementemente na seara das redes sociais. Porém, não apenas nas “vidas digitais individuais”, mas ocorrências com efeitos também pessoais, sociais, políticos etc.

Um grande grupo de tuiteitos reuniu-se na Prefeitura de União dos Palmares. A organização ficou a cargo dos queridos e competentes @dallasdiego @AndresonMelo @zemauniao @wendellamaral entre outros: café, biscoitos, bolo, almoço, água, mídias, prêmios, palestras, apresentação musical típica, mesa redonda, doação de alimentos. Tudo funcionou bem! O bom humor, a integração e interação de todos, as relevantes e civilizadas discussões, as palestras interessantes, diversificadas e de alto padrão pelos queridos @Marques_jm @lulavilar @fleming_al @ronaldfar e a fisioterapeuta Mariana.

O grupo estava tão integrado, tão coeso que conseguimos colocar a #NoTwittAO na segunda colocação dos Trend Tops do Brasil, quer dizer, dentro dos assuntos na esfera nacional, foi o segundo assunto mais falado em todo país. Isso é histórico, relevante, determinante da força que o Twitter vem ganhando a cada novo “tweet”.

Importante estabelecer que não foi apenas um encontro de pessoas envolvidas com a rede social individualmente falando. Mas o evento tomou uma conotação que ultrapassou as expectativas da maioria: discussões e dicas de como melhor se utilizar e como se comportar diante do twitter; qual a influência que você exerce com suas opiniões; dicas de saúde pela fisioterapeuta que nos orientou numa melhor posição para não ter problemas físicos sérios em razão de má postura; influência da mídia em nossas vidas em seus vários níveis etc.

Surgiram várias manifestações  e estímulos quanto à autoestima que alguns Alagoanos vêm deixando de lado, esquecendo, e algumas vezes até execrando sua própria terra. Manifestações emocionantes e importantes lembrando aqueles que estavam presentes  sobre a importância de nunca esquecer suas raízes, de valorizar sua terra, sua cultura, sua gente. Palestras acaloradas que provocaram uma comoção concreta da platéia.

Para mim pessoalmente foi interessante, agradável, importante e pensei da seguinte forma: se para algo tão aparentemente simples e que poderia ser apenas um encontro, tivemos a capacidade de influenciar o país, imaginem o que podemos fazer quando realmente acreditarmos na força do bem, das boas políticas, da honestidade, da união, da integração com meu igual….poderemos disseminar o entendimento, a reconciliação.

No evento não surgiu um único ponto negativo. Claro que um contratempo ou outro aconteceu, mas nada em absoluto que pudesse diminuir o valor e o brilho do evento preparado com tanta dedicação.

Parabéns aos organizadores e a todos que participarão com sua boa vontade, disposição, bom humor.

E sucesso para os próximos!

#LessaBlogs

Em 03/08,2011, uma quarta-feira, foi realizada uma visita através de tratativas com a Assessoria de Ronaldo Lessa, em sua própria residência, por um grupo de 15 blogueiros. Nossas queridas e competentes @LaiseMoreira e @CanAlmeida ficaram a frente do agendamento e da organização.

Tudo começou na semana anterior no evento chamado “Papo de Botequim” que se realiza toda terça-feira, no Rapa Nui, sendo que o convidado era Ronaldo Lessa. Ao final do encontro, ele interagiu com vários dos telespectadores, e entre estes alguns blogueiros presentes, onde ficou agendada a visita dos blogueiros para um bate papo com as mais variadas perguntas e manifestações. Entre os blogueiros estavam jornalistas, professores, estudantes engajados nas mídias, no jornalismo e no direito, engenheiros etc.

Fomos muito bem recebidos. A sala foi escolhida para nos aconchegarmos.

Ronaldo Lessa estava muito tranquilo e descontraído. Durante toda a visita, perguntas, manifestações comportou-se de forma serena, segura, bem humorada, disposta, aberta. O que foi muito bem visto entre todos. Os blogueiros por sua vez também foram felizes em suas colocações efetuadas de maneira respeitosa e educada.

Ronaldo respondeu as mais variadas indagações: educação, transporte, atual governo, suas convicções, seus planos futuros, educação digital, movimento estudantil que participou e tantos outros assuntos…o papo foi longo, porém não menos interessante e relevante! O encontro foi ótimo, especial, mas fomos brindados por um blecaute geral em Maceió. Mas, não deixamos a “peteca cair”, acendemos velas e o encontro continuou à luz de velas mesmo.

O encontro marcou não só os blogueiros presentes, por estarmos na presença de um dos ícones da política alagoana, mas também para o próprio Ronaldo, que a meu ver, estava muito sensibilizado e satisfeito com o evento, mesmo recebendo colocações críticas, porém educadas.

Oportuno mencionar que a maior intenção é registrar a influência das redes sociais na vida social de todos. Que pode ser uma ferramente muito útil se bem utilizada. O retorno pode ser extremamente válido.

Ronaldo Lessa admitiu a influência da internet e confessa que não é adepto das redes sociais, mas está revisando seu pensamento e quem sabe participar ativamente.

Todos os blogueiros não estavam lá só como colaboradores ativos das redes sociais, mas muito mais que isso, como cidadãos, como colaboradores ativos da sociedade alagoana, que só merece nosso apreço e dedicação para torná-la cada vez mais forte!

O evento foi muito positivo. Todos colaboraram para que fosse um sucesso e tomasse uma conotação muito mais ampla que esperávamos. Muito bom saber que participamos e tornamos o evento tão relevante.

Agradeço e parabenizo todos que participaram e a Ronaldo Lessa e sua assessoria que se colocaram à disposição para outros encontros.

Sucesso a todos nós!

Muito barulho por nada!

Após a morte da cantora Amy Winehouse, as discussões sobre a influência e efeitos das drogas se intensificaram.

Assim como eu, várias pessoas já assistiram muitas campanhas patrocinadas pelo governo, e tantas outras feitas nas cidades e nos estados, seja pela televisão, por palestras, por panfletos etc.

E mesmo com um assunto tão delicado, com intensa visibilidade e extremamente perigoso existem pessoas que insistem em utilizar as drogas.

Por que?

Como uma pessoa em sã consciência ou nem precisa ter uma grande inteligência, pode se envolver com algo que não acrescenta em nada pra vida de ninguém; não traz benefícios; só prejudica; os riscos são altamente nocivos. Por que se arriscam por tão pouco? Quer dizer, nem tão pouco assim, porque pode vir a custar muito dinheiro para adquirir ou inicialmente, você consegue por pouco, mas a longo prazo, custará muitíssimo caro.

Num programa que assisti no domingo, uma das justificativas que apresentaram para alguém usar as drogas seria a falta de atenção ou uma maior presença e atitude familiar. E colocaram a situação da própria vida familiar de Amy Winehouse que era normal, com a presença de ambos os pais, bom ambiente de criação, e mesmo assim, a moça não resistiu e entregou-se, definitivamente, ao mundo das drogas.

Mas, esta justificativa não cola! Porque em alguns casos pode até ser a ausência familiar, uma vida normal com seus altos e baixos, mas também, verificamos que a pessoa se envolve sem qualquer problema aparente. Vai na onda dos outros, deixa-se levar por idéias medíocres como, “posso experimentar e não me viciar”, “do mesmo jeito que entro eu saio”.

Desculpem-me qualquer pessoa que possa ler este post, e é claro poder vir a discordar de minhas colocações, mas independentemente, da causa que levou o “curioso” a este mundo tão insensato e inseguro, ele ficará doente. Claro que sim! Mas, só fica doente porque ele quer, por escolha própria, por uma questão de livre arbítrio. Volto a considerar, por que se arriscar por tão pouco?

Se dissessem que o mundo das drogas é algo que nos pega de surpresa, que não nos é dito da problemática envolvida, eu ficaria quieta. Mas não! As informações são diariamente veiculadas, trazidas até nossas residências, casos e mais casos relatados, nos filmes, nas novelas, nas revistas, nos locais que visitamos…em todos os lugares há referências a este assunto. Por que as pessoas insistem?

Por que expor uma família inteira? Por que colocar em xeque sua vida profissional? Por que jogar fora sua saúde? Por que colocar em risco sua vida? Geralmente, é um caminho sem volta. E para aqueles que conseguem sair daquele turbilhão, tem que ser vigiado e se vigiar constantemente. A droga faz com que vire escravo, sua opinião não vale nada, as pessoas o consideram um coitado. Passa-se a viver à beira da sociedade! Será que vale a pena?

Acho o então “curioso”, um grande egoísta! Por segundos de falso prazer, botam tudo a perder. Preferem um mundo que sobrevive de ilusões, da fraqueza e da estupidez.

Depois que já está afogado nas águas das drogas, pede clemência e pensa o por quê se colocou na situação, que não era novidade nenhuma. As famílias de uma maneira geral e pra total sorte e compaixão dobram-se e colocam-se totalmente à disposição, pois acreditam na recuperação, que é extremamente difícil, uma fase de vigilância, cobrança e grandes desafios.

Por que se colocar numa situação de risco dessas? É muito barulho por nada!

Não brinque com sua vida! Quando você se dobra às drogas, admite que como humano não vale nada, admite que não se ama, admite que não tem respeito e consideração por nada nem por ninguém.

Quer sentir prazer verdadeiro e duradouro? Vá ajudar alguém; faça amor com seu amor; busque seus melhores amigos; valorize sua família, seus amigos sejam eles quem forem, e se não tiver, crie sua família; faça coisas úteis e nos momentos de ócio, não se deixe levar por promessas tão fugazes, tolas. Mesmo que você tenha pouco, não se desfaça por nada; divida seus problemas e angústias com alguém; se puder, faça terapia, vá se tratar; cuide de seu corpo, de sua cabeça, do seu coração e nunca esqueça do que você tem a perder… que, geralmente, é muito!

A vida sempre vale a pena, não jogue ela fora por nada!

Nuvem de tags