A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Posts marcados ‘abraço’

Poder do toque

Esta notícia anunciou a invenção da máquina do beijo (dá uma olhadinha no video!).

Até entendo a intenção…mas, sinceramente…nada substitui o toque, a presença, o cheiro, o sabor!

Imagina não poder tocar, sentir…um crime hediondo!

Um toque, um carinho, um sorriso, um beijo malicioso e profundo, um abraço apertado e envolvente…não há comparações. Somos carentes por natureza, não dá pra trocar, pra comparar uma máquina a capacidade do ser humano de transmitir emoções e sensações pelo toque.

Confesso que achei muito estranha a máquina. Sem querer ofender, cheguei a achá-la ridícula!

Quando sentimos dor, alegria, saudade, tristeza, dúvida…o que seria ótimo? Um abraço, um afago, um aperto de mão que traduzem conforto, querer bem, calor, alívio. Sem o toque esquecemos que somos humanos. O toque faz com que nos sintamos vivos. O toque nos revela…desmascara nossas intenções, atinge-nos instantânea, fisica e psicologicamente.

Neste sentido, interessante citar uma psicóloga Drª. Phyllis K.Davis, que em sua obra “O Poder do Toque”, através de um poema intitulado “Por favor, me toque”,  deixando mais do que clara a importância do toque em suas várias nuances. Vale a pena ler! Achei imensamente oportuno e lindo de viver. Enjoy!

Se sou seu bebê,
Por favor, me toque…
Preciso de seu afago de uma maneira que talvez nunca saiba.
Não se limite a me banhar, trocar minha fralda e me alimentar,
Mas me embale estreitado, beije meu rosto e acaricie meu corpo.
Seu carinho gentil, confortador, transmite segurança e amor.

Se sou sua criança,
Por favor, me toque.
Ainda que eu resista a até o rejeite,
Insista, descubra um jeito de atender minha necessidade.
Seu abraço de boa noite ajuda a adoçar meus sonhos.
Seu carinho de dia me diz o que você sente de verdade.

Se sou seu adolescente,
Por favor, me toque
Não pense que eu, por quase estar crescido,
Já não precise saber que você ainda se importa.
Necessito de seus braços carinhosos, preciso de uma voz terna.
Quando a vida fica difícil, a criança em mim volta a precisar.

Se sou seu amigo,
Por favor, me toque.
Nada como um abraço afetuoso para eu saber que você se importa.
Um gesto de carinho quando estou deprimido me garante que sou amado,
E me reafirma que não estou só.
Seu gesto de conforto talvez seja o único que eu consiga.

Se sou seu parceiro sexual,
Por favor, me toque.
Talvez você pense que sua paixão basta,
Mas os seus braços detêm meus temores.
Preciso de seu toque terno e confortador,
Para me lembrar de que sou amado apenas porque sou eu.

Se sou seu filho adulto,
Por favor, me toque,
Embora eu possa até ter minha própria família para abraçar,
Ainda preciso dos braços de mamãe e papai quando me machuco.
Como pai, a visão é diferente,
Eu os estimo mais.

Se sou seu pai idoso,
Por favor, me toque,
Do jeito que me tocaram quando era bem pequeno.
Segure minha mão, sente-se perto de mim, dê-me força,
E aqueça meu corpo cansado com sua proximidade.
Minha pele, ainda que muito enrugada, adora ser afagada.

Não tenha medo.
Apenas ME TOQUE!

Preciso dizer mais alguma coisa depois deste significativo poema?

Dizer não…apenas sentir!

Nuvem de tags