A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Posts marcados ‘Palmeira dos ìndios’

O que Palmeira dos Índios tem?

Neste último sábado, 27/08/2011, tive a oportunidade de ir a Palmeira dos Índios com meu querido namorado @Marques_jm e meus caríssimos amigos @CanAlmeida e @lulavilar.

Passamos um dia agradabílissimo e com a recepção amiga e dedicada de meu nobre colega e professor França Junior.

A visita começou com visita a Distribuidora Cunha, que além de seus serviços quanto à distribuição de bebidas, ainda presta um ótimo trabalho referente à reciclagem. A reciclagem é uma alternativa inteligente, útil, coerente com a real situação do meio ambiente. A reciclagem só agrega e colabora para a recuperação e ampliação do bem estar referente ao meio ambiente.

Após sairmos da Distribuidora Cunha, fomos a Casa Museu Graciliano Ramos. Esta visita foi encantadora! O museu contando a história desta alagoano tão influente na literatura do Brasil. Graciliano nasceu em Quebrangulo, mas anos mais tarde viveu e construiu sua família em Palmeira.  Chegou a ser prefeito de Palmeira dos Índios. No museu podemos encontrar objetos pessoais, como cigarrilhas, roupas, cartas, fotos de família, comendas etc. As cartas eram originais com a escrita fiel de Graciliano. A emoção flui naturalmente.

No seguinte momento, tivemos a oportunidade de participarmos de uma conversa descontraída nas Rádios Vitório e Farol.  Fomos super bem atendidos e a experiência de participarmos de um programa de rádio é sensacional! Parabéns a ambas as rádios e obrigada pela recepção.

Acabadas nossas visitas nas rádios, nosso caríssimo França Junior ofereceu-nos um belíssimo almoço, num ambiente pra lá de agradável. Boas conversas, risadas garantidas, companhias ótimas, como (também) @bergmorais e @Alex_Paranhos. Tenho que constatar que pra finalizar foi oferecido um cafezinho, pelo qual, mais especificamente minha pessoa e de @lulavilar agradecemos!rs

Em seguinte, fomos conhecer o IFAL de Palmeira, que estava em greve. Mas, mesmo assim, foi possível visitarmos as instalações…quer dizer, ótimas instalações. Quem nos recebeu muito bem foi o Prof. Carlos Guedes. O local é limpo, com bancos, jardins por toda extensão do local. Novas construções estão sendo feitas. Um confortável e bom auditório com uma estrutura ótima!

Seguimos nossa visita e fomos parar no CSE, onde pudemos conversar e verificar o time feminino da futebol. Conversamos, tiramos fotos, trocamos e-mails, twitters etc. Nossa querida @CanAlmeida fez entrevista com uma delas, Myria, que deu seu belo relato, descrevendo com paixão e realidade a situação do futebol feminino. Foi emocionante ver o brilho nos olhos da meninas ao verem que nos interessamos pela sua história frente ao time. O treinador é bem consciente, reconhece e respeita o trabalho das meninas e as considera como profissionais.

Mas não há muitos incentivos. E, Myria, alega que ainda há muito preconceito quanto a presença de mulher no futebol. Para muito, um grande absurdo, mas com o passar do tempo, creio que estes preconceitos se tornarão cada vez mais irrelevantes.

Fomos apresentados à biblioteca, localizada, estrategicamente num imóvel cedido pela empresa ferroviária. De acesso fácil! Uma idéia luminosa.

Depois, partimos para o Cristo de Goiti. Que vista linda! Que local mágico! Tiramos fotos e curtimos um pouco desta paisagem tão grandiosa.

Pra finalizar com chave de ouro, fomos ao Açude Goiti que possui um pier que dá pra ver lá de cima do Cristo. Um lugar bucólico, relaxante, bonito. Batemos um papo, apreciamos a paisagem.

Concluindo, esta é uma singela homenagem a esta cidade tão receptiva e particular por suas belezas, por ter sido tão bem recebida e apresentada a locais agradáveis, bucólicos…que só trazem boas sensações. Parabéns e sucesso a Palmeira dos Índios!

Li e achei o hino de Palmeira marcante, que deixa claro a paixão pela cidade e sua história!

Hino do Município de Palmeira dos Índios
Letra por Luiz B. Torres e José R. Torres
Melodia por Luiz B. Torres e José R Gonçalves

Teu passado glorioso tem origem secular
Nos heróicos xucurus de bravura fé sem par
Cujos feitos nós seguimos como luz a nos guiar.
Tuas terras verdejantes e teu povo varonil
Se irmanaram no trabalho Para a glória do Brasil
Sob o manto protetor do teu céu de puro anil

Sejas sempre idolatrada dentro em nossos corações,
Tu, Palmeira abençoada, a Princesa do Sertão

Oh, Palmeira, nós queremos exaltar o teu perfil
Decantar sua beleza que possui encantos mil.
De cidade da esperança incrustada no Brasil
Se nascestes de uma cruz, tu só tens amor a dar,
Assim sendo, este teu solo sempre vive a se ofertar
Para quantos o desejem transformá-lo no seu lar.

Mesmo ausente do teu seio ninguém pode te olvidar
Permaneces na lembrança como um bem a maltratar
Inundando a saudade e o desejo de voltar.
Imigrantes e teus filhos neste canto em teu louvor
Nos unimos em um só corpo e na voz o mesmo ardor
Para dar-te sem reservas Nossa vida e nosso amor

Nuvem de tags