A vida vai te mostrar, vai te guiar.

Posts marcados ‘relação’

Quem é o “trouxa”: o traído ou o traidor!?

Este post deve-se, basicamente, a dois fatos: o que vem ocorrendo nas novelas (nem por isso, menos reais), e um fato ocorrido com uma pessoa próxima. Mas também, é difícil não termos escutado uma história de traição ou até vivido.

As novelas, que são programas assistidos por todo tipo de pessoa e alcança as mais diferentes classes sociais, em todas as suas versões sempre apresentam histórias de traição, seja por homens ou por mulheres. Fica parecendo algo comum e até chegam a incentivar a prática, haja vista que por um tempo o traído não tem a menor noção da prática. Mas, é só uma questão de tempo, tanto na ficção como na vida real. Uma hora “o caldo engrossa”!

Na vida real, já me deparei com situações ou histórias contadas pelas mais diversas pessoas. E nos últimos dias uma ótima pessoa contou sua péssima experiência, estava se sentindo um “lixo”. E geralmente é isso mesmo: o traído se acha um trouxa, o imbecil da história. Sente seus sentimentos feridos e que perdeu tempo em depositar sua confiança e seu amor em uma pessoa que não o merecia.

Seja pela novela, programas em geral, filmes, na via real, tenho visto a banalização dos sentimentos. Pessoas que se envolvem de qualquer maneira, envolvem-se de maneira superficial. Não é moralismo, mas parte-se de um raciocínio tão simples, se quer levar uma vida sem dar satisfação a nada nem a ninguém, não se envolva. Fique só, não deixe ninguém investir em sentimentos inexistentes, pois não se quer compartilhar. O que, diga-se de passagem, é um direito.

Mas, quem realmente é o (a) trouxa da história? quem realmente é o enganado?

Penso que o traidor (a) é que é o(a) trouxa. O traidor(a) durante um período de tempo é “o esperto, o manipulador”, pois consegue manter a traição, não só pela fato de que não quer que o outro descubra, mas também aquilo o alimenta de alguma forma. Ele(a) não pensa no outro lado, no caso, o traído. Pode até ter sentimentos pelo parceiro, amigo, mas se fossem nobres jamais exporia a outra pessoa. O traidor sempre é egoísta!

E considero o traidor (a) o (a) trouxa por várias considerações:

a) se trai e o outro descobre, sempre se arrepende, e nem sempre o arrependimento “cola”. Daí pode ter perdido até o grande amor da sua vida;

b) por que trair sentimentos verdadeiros da outra pessoa que crê que está fazendo a coisa certa ao acreditar na relação? Se a relação já não está mais interessante, porque o traidor insiste em se manter nela? Por que não trata de se livrar do “peso morto”? Deixe a outra pessoa livre para que possa encontrar outra pessoa interessante!

c) quando há traição, demonstra-se que está se dispensando não só o amor do outro, como sua amizade. E quem não leva em consideração a amizade, não merece o menor respeito! Quem não respeito um amor amigo, não merece nada;

d) se está com dúvidas, com problemas, vá resolvê-los e não criar mais complicações do que já existem;

e) se é um traidor(a) contumaz, precisa de terapia. Existem algumas causas consideráveis para aquele que faz da traição uma prática ou um estilo de vida;

f) se faz por gosto, fique solteiro (a) e faça o que quiser, sem precisar se esconder, criar situações vexatórias ou brincar com o sentimento alheio;

g) e quando se trai pra descontar, o até então, traído, iguala-se ao traidor e fica no mesmo nível. “Chumbo trocado não dói”. E, ainda, vai ter que escutar o que não quer daquele que primeiro te desconsiderou.

Quantas situações, não é?!

Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te.(Nietzsche)

 A traição é uma saída para quem não sabe se entregar por inteiro (Fernando Ilário)

 

Um Homem não trai 

A traição não é apenas o engano
É mais que isto
A ferir o sentimento alheio
A corromper-se

Ser homem de várias mulheres
Não é de nenhum valor
Porque o homem de bem
Não trai quem lhe quer seu bem
Para ser de um grande amor
Há de ser de uma só (M. Nigro)

Uma relação, seja ela qual for, merece ser cuidada, semeada, amparada. E quando estiver passando por maus bocados, merece toda a atenção para ver se será recuperada ou descartada. E se descartada que seja de maneira integra e respeitosa. Claro que vai machucar, mas ainda assim é o melhor pois poderá dormir com a consciência limpa.

Se tiver qualquer situação que te leve a pensar em trair, pense no que você tem a perder. Se tiver algo a perder, não faça, pois com certeza, irá se arrepender. Pra que arriscar por algo, muitas vezes, tão fugaz? Se não tiver nada a perder, desfaça-se da relação desgastada e siga livre!

Como já dito, não querer se envolver é um direito. E guardando as devidas proporções, se for se envolver, deixe claro o que quer, não crie falsas expectativas. Do mesmo jeito que você tem o direito de optar pelo que quer fazer da sua vida, digo referente a se relacionar, o outro também tem o direito de saber e optar em cair fora ou ficar e viver aquilo que você tem a oferecer.

A pior traição é a de princípios, porque é cometida por nós, contra nós mesmos. (M. M.Soriano)

 

Existem dois tipos de traição: a que você comete contra alguém e a que você comete contra si mesmo. (Risa Kings)

 

 Traição (Keidy Lee Jones)

Quando eu digo que não a trairei
Não é por respeito ao seu amor
Pois dele talvez, eu desconfie.
Não traio a minha dignidade
Porque ela está em mim
Eu não conseguiria viver enganado.

Nuvem de tags